Meu dinheiro

Planejamento financeiro pessoal: 3 passos para começar o seu!

26/04/2021

14 minutos de leitura

Planejamento financeiro pessoal: 3 passos para começar o seu!

Elaborar um planejamento financeiro nem sempre é tarefa fácil. Afinal, muitas pessoas não sabem como e nem por onde começar.

Se você também tem essa dificuldade, que tal encontrar as melhores dicas e o passo a passo para dar um jeito de uma vez por todas nas suas finanças?

Vem com a gente aprender a organizar as suas contas e conquistar a sua independência financeira de uma forma sólida e sem complicações. Fique de olho!

O que é e qual a importância do planejamento financeiro pessoal?

O planejamento financeiro pessoal nada mais é do que uma forma de organizar o seu dinheiro no sentido de controlar gastos, juntar uma grana e investir no que realmente importa. Inclusive, você sabia que os brasileiros não fazem esse tipo de controle?

Uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas revelou que seis em cada 10 brasileiros nunca, ou algumas vezes, fazem um planejamento financeiro e orçamentário.

Se você quer pagar as suas contas em dia, investir o seu dinheiro, viajar, comprar uma casa ou um veículo, fazer uma faculdade ou aquela pós-graduação que sempre sonhou, é bom começar agora a fazer o seu controle financeiro.

Queremos fazer diferente para fazer a diferença para você. Faça parte do Meubank

4 erros que dificultam o planejamento financeiro


Para pessoas que querem começar ou aprimorar o planejamento e controle das suas finanças, é bom evitar esses 4 erros que dificultam a sua vida. Confira aqui!

Falta de objetivo financeiro

Você é aquele tipo de pessoa que não tem a mínima ideia do que faz ou pretende fazer com o seu dinheiro? Que recebe seus rendimentos todo mês, mas não sabe para onde vai?

Saiba que esse erro é fatal para a saúde da sua vida financeira. Para colocar em prática um planejamento financeiro familiar ou pessoal, ter um objetivo é o primeiro passo.

Independentemente das suas intenções, seja uma viagem de férias, a compra de um carro ou casa própria, você precisa traçar metas para, assim, focar em um projeto.

Por isso, estabeleça um objetivo. Dessa forma, é possível encontrar soluções para rentabilizar o seu dinheiro e identificar onde e como investir. Lembre-se que é importante ter um objetivo para estar sempre motivado.

Não definir os principais gastos

Se você não sabe quais são as suas despesas, dificilmente conseguirá ter um planejamento financeiro eficiente e real sobre os seus gastos. Por isso, o segundo erro é não categorizar seus gastos, já que isso impede que você entenda para onde está indo seu dinheiro.

Faça uma lista e inclua tudo como, por exemplo, aluguel, internet, supermercado, energia elétrica, alimentação, cuidados pessoais e por aí vai.

Dessa forma, você conseguirá visualizar melhor a sua realidade financeira, podendo organizar os gastos de forma adequada e entender onde você pode economizar.

Estabeleça um teto de gastos fixos, que são esses que já falamos e os variados, que incluem viagens, passeios, compras de roupas, entre outros.

Não acompanhar de perto os gastos

Se você quer aprender como é feito um planejamento financeiro, saiba que uma das regras é acompanhar de perto os gastos.

Fique de olho na fatura do cartão de crédito e na sua conta corrente para acompanhar as saídas e as contas que foram debitadas. Aliás, hoje em dia, é muito fácil fazer esse tipo de supervisão, já que tudo pode ser feito por aplicativos.

Você precisa saber para onde está indo seu dinheiro, desde aqueles gastos que não aparecem tão significativos, como o cafézinho de manhã ou o delivery do final de semana.

Não fazer uma reserva de emergência


Entre as melhores práticas de como fazer planejamento financeiro, sem dúvida, é ter uma reserva de emergência para eventuais necessidades. Se você não tem, está fazendo errado!

Fazer uma poupança pode te ajudar em situações, como a compra de um medicamento, o conserto do carro, a manutenção do seu notebook e por aí vai.

Isso porque, nem sempre temos dinheiro na carteira para cobrir esses gastos e você não vai querer pedir emprestado ou fazer um empréstimo, vai? Então, a regra é sempre poupar uma grana para essas emergências.

3 passos para começar o planejamento financeiro pessoal


Agora que você entende o que não deve ser feito para conseguir ter um bom planejamento financeiro pessoal ou familiar, vamos aos três principais passos para controlar suas finanças.

Organize seus gastos

O primeiro passo é organizar as suas finanças. Reúna todos os seus gastos por meio de uma uma planilha ou até mesmo em um bloco de anotações. Anote as despesas fixas e os valores, incluindo datas de vencimento, para não perder o dia do pagamento.

No caso das despesas variáveis, como nem sempre dá para prever, defina um dia da semana para inserir na planilha tudo o que gastou naquele período com as despesas e os valores.

Dessa forma, ficará mais claro onde estão as suas maiores despesas e os gastos em excesso.

Estabeleça limite de despesas variáveis

Para você que quer descobrir quais são as etapas de um planejamento financeiro, uma das principais, sem dúvida, é estabelecer um limite de gastos para despesas variáveis.

Depois de quitar as contas fixas, você torra o dinheiro ao longo do mês? Se você faz isso, é bom mudar seus hábitos. Para ter uma vida financeira saudável e para que você consiga guardar dinheiro, estabeleça limites de despesas variáveis.

Defina os valores com aquele cafezinho todas as manhãs ou aquele almoço com os amigos. Estabeleça um teto para aquelas comprinhas do mês que todo mundo adora fazer, como roupas, calçados, perfumes.

Esse cuidado, sem dúvida, te ajudará a economizar e a poupar o seu dinheiro para aquele objetivo que você traçou.

Faça uma reserva e invista seu dinheiro

Um bom planejamento financeiro pede sempre uma reserva de dinheiro, mas dessa vez, não para emergência, mas sim para fazer um investimento que possa render no final do mês e te trazer um bom retorno.

Por isso, defina sempre um valor que deve ser poupado todos os meses, mas não deixe-o guardado em uma poupança, pois o rendimento é baixo. Procure uma aplicação financeira, a qual seu dinheiro possa render.

Compare preços antes de fazer compras


Antes de comprar, a regra é sempre comparar preços e pesquisar diferentes empresas e fornecedores. Não saia comprando um produto sem antes dar uma olhadinha na internet ou percorrer alguns estabelecimentos da sua cidade em busca de um preço mais vantajoso.

Sabemos que a correria do dia a dia nem sempre possibilita essa pesquisa, mas sempre que conseguir faça as comparações na tentativa de economizar.

Planejamento financeiro pessoal: 3 dicas para seguir


Quer ter o melhor planejamento financeiro pessoal que puder? Então, dê uma olhadinha nessas 3 dicas que separamos para você controlar as suas finanças.

Aprenda sobre educação financeira

Essa dica até pode parecer bobagem, mas saiba que aprender sobre educação financeira pode te ajudar muito na hora de controlar suas despesas e investir seu dinheiro.

Hoje em dia, é muito fácil encontrar conteúdos na internet e especialistas que te dão insights sobre como ter a vida financeira saudável que você sempre sonhou.

O blog do Meubank é uma ótima opção. Nosso objetivo é trazer informações educacionais sobre o mercado financeiro para facilitar ainda mais a sua vida. Inscreva-se na nossa newsletter e receba conteúdos inéditos sobre o assunto.

Invista seu dinheiro no mercado financeiro

Se, além de controlar seus gastos, você quer fazer seu dinheiro render, o melhor caminho é entrar para o mercado financeiro, mas não precisa se assustar, pois investir seu dinheiro pode ser mais fácil do que pensa.

Atualmente, é possível investir em diferentes títulos, ativos e criptomoedas que garantem boa liquidez e um retorno satisfatório de acordo com o seu perfil de investidor.

Na hora de investir seu dinheiro, tenha sempre canais que te ajudem a aplicar com segurança, rentabilidade e variedade, como o Meubank, que chega ao mercado como uma Carteira e Conta Digital Multiativos que oferece recursos intuitivos para guardar, converter, investir e usar o seu dinheiro de maneira fácil.

Controle os gastos com cartão de crédito

Embora seja uma mão na roda, o cartão de crédito pode ser uma verdadeira armadilha no planejamento financeiro empresarial, familiar e pessoal.

Isso porque muitas pessoas têm a ilusão de que podem gastar de maneira indiscriminada, esquecendo que a fatura vai chegar no fim do mês.

Por isso, controle os gastos e, se puder pagar uma compra no débito, escolha essa opção. Se tiver que parcelar, não faça pagamentos a longo prazo. Também é bom lembrar para evitar o pagamento mínimo do cartão, pois essa dívida pode virar uma bola de neve.

3 investimentos que ajudam no planejamento financeiro


Agora que você sabe como é feito um planejamento financeiro, que tal investir o seu dinheiro nos ativos e títulos mais rentáveis do mercado? Confira!

Tesouro Selic

Para quem pretende entrar nesse mercado, o Tesouro Selic é uma boa opção. Esse ativo de renda fixa é considerado muito seguro, principalmente, para os investidores iniciantes que não querem perder dinheiro.

Nessa modalidade, você empresta o seu dinheiro para o governo por um período pré-estabelecido, recebendo, posteriormente, esse valor acrescido de juros acordados.

Inclusive, essa é uma ótima opção para as pessoas que não possuem muita grana para começar, pois é possível investir com apenas R$ 30,00.

Bitcoin

Certamente, você já ouviu falar em Bitcoin, a primeira criptomoeda descentralizada lançada no mercado financeiro. Saiba que essa é uma opção de investimento bem interessante, já que ela tem se valorizado muito nos últimos anos.

Para você ter uma ideia do potencial desse ativo, a expectativa é que essa moeda continue valorizada em 2021. Segundo matéria da E Investidor, estima-se que o Bitcoin esteja entre US$ 100 e US$ 140 mil no fim de 2021, o que equivale a R$ 600 mil a R$ 840 mil segundo Bruno Milanello, executivo na área de investimentos do Mercado Bitcoin. Além disso, é possível começar a investir com apenas R$ 10,00.

Fundos DI

No seu planejamento financeiro pessoal, os Fundos DI também entram como uma boa opção para investidores que não querem fazer altos investimentos.

Esse ativo tem uma rentabilidade que acompanha a variação do CDI (Certificados de Depósitos Interbancários) e também oferece ao investidor o auxílio de um gestor especializado em investimentos.

Em breve, sua Carteira e Conta Digital Multiativos. Faça parte do Meubank

Como o Meubank pode ajudar no seu planejamento financeiro

Se você deseja investir o seu dinheiro com liquidez, segurança e diversidade, conheça o Meubank, a Carteira e Conta Digital Multiativos que oferece as melhores vantagens na hora de aplicar sua grana. Saiba como podemos te ajudar no seu planejamento financeiro!

Liberdade em investimentos e transações

O Meubank oferece aos seus usuários a possibilidade de realizar as mais diversas transações financeiras quando, como e onde quiser diretamente pelo aplicativo.

Com o Meubank, você pode ter acesso às mais diversas transações financeiras e também recursos que permitem investir em ativos digitais, tokens, criptomoedas, ouro, dólar, entre outros.

Por meio do aplicativo, você pode acompanhar as movimentações e rendimentos dos seus investimentos de um jeito simples e rápido, permitindo, inclusive, que você faça o aporte ou resgate de aplicações quando preferir.

Facilidade para investidores iniciantes

Com o Meubank, você não precisa ser um expert no mercado financeiro. A partir de R$ 10,00, você investe seu dinheiro sem complicações.

Isso porque oferecemos recursos intuitivos para que você realize suas aplicações em diferentes títulos e ativos.

Se quiser investir em criptomoedas, saiba que somos da mesma família do Mercado Bitcoin, uma das 25 exchanges mais confiáveis do mundo em 2020 pelo BTI, além de ser considerada a maior plataforma de criptomoedas e ativos digitais da América Latina.

Dessa forma, é possível diversificar a sua carteira de investimentos e aplicar a sua grana nos ativos mais rentáveis do mercado.

Planejamento financeiro: Conclusão

Com essas dicas, ficou muito mais fácil fazer um planejamento financeiro eficiente, não é mesmo?

Mas para controlar as suas finanças do jeito certo, não deixe de estabelecer um objetivo, organizar as suas contas, definir limites de gastos, criar uma reserva financeira e investir seu dinheiro em ativos e títulos rentáveis.

Com esses cuidados, certamente, você conseguirá realizar seus projetos e sonhos. Para investir seu dinheiro e controlar suas finanças, conte com o Meubank, sua Carteira e Conta Digital Multiativos.

Quer fazer parte do Meubank? Entre agora mesmo no nosso site e garanta o acesso antecipado aos nossos serviços, além de ficar por dentro das melhores oportunidades de investimentos.

Fique por dentro das novidades

Assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo assim que sair.